Ethanol Summit 2009

Sábado, 15 de Dezembro de 2018

> English

Notícias

Lula, Dilma e Serra apóiam programa do etanol na abertura de evento
01/06/2009

Os governos federal e estadual manifestaram apoio ao programa do etanol brasileiro nesta segunda-feira, 1º de junho, durante a abertura do Ethanol Summit 2009, no World Trade Center, em São Paulo.

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, disse que a falta de um plano político dos biocombustíveis internacionais é um dos principais empecilhos ao comércio do produto e que políticas protecionistas impedem, de fato, o desenvolvimento de biocombustíveis.

“O Brasil fez um grande esforço e hoje tem tecnologia de produção e consumo que permite que possamos contribuir com matriz energética para todo o mundo”, afirmou a ministra.

Dilma procurou tranqüilizar o mercado ao argumentar que as recentes descobertas de pré-sal em nada afetam a determinação em continuar investindo em combustíveis renováveis.

Ela também demonstrou a confiança do governo na primeira geração do etanol, “que por muito tempo continuará a competir com a segunda geração”. Mas acrescentou que isto não impede que o País também faça investimento na segunda geração.

O governador de São Paulo, José Serra, destacou que a geração de renda é de R$ 4 mil por hectare de cana-de-açúcar, enquanto no caso da soja o valor é de R$ 1,5 mil e com a criação de gado, R$ 500.

Classificou como importante o subsídio à produção e para o transporte de veículos e como “covardia” a comparação do etanol da cana-de-açúcar com o do milho. Neste último caso, disse ele, um dos problemas nos Estados Unidos foi o aumento do preço do milho até para países limítrofes, como o México.

O investimento na segunda geração do etanol, a partir da celulose também não preocupa o governador: “Se houver uma revolução que permita extrair etanol da celulose, a cana-de-açúcar, pela sua estrutura, continuará sendo o melhor investimento nesta área.”

Numa apresentação gravada em vídeo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou que o Brasil usa só 1% de 400 milhões de terra destinada à agricultura para produzir etanol. “Tem terra no Brasil e África do Sul para produzir, gerar emprego e fazer disto renda”, argumentou o presidente.

Prefeitura de SP ganha motos flex

A fabricante de motos Honda, uma das empresas patrocinadoras do Ethanoil Summit 2009, doou à prefeitura de São Paulo seis motocicletas Honda 150 MIX, que usam como combustível etanol ou sua mistura com gasolina em qualquer proporção.

As motos foram entregues simbolicamente ao prefeito da capital paulista Gilberto Kassab por um executivo da Honda. O novo modelo da Honda, lançado em março de 2009, é a primeira moto flex do mundo.

 


voltar

Arquivo


09/06/2009 Castroneves vence 500 Milhas de Indianápolis com etanol de cana
05/06/2009 “Até 2011!”
05/06/2009 Ethanol Summit homenageia personalidades
04/06/2009 A busca de equilíbrio nos processos de certificação
04/06/2009 Painel do Summit rechaça o mito de que biocombustível afeta produção de alimentos
   Realização:

Copyright 2008 - Ethanol summit - todos os direitos reservados. Resolução mínima recomendada 1024x768 pixels.

Política de Privacidade - Saiba como fazer sua inscrição

  • Patrocínio
  • Plenária Especial
  • Transportadoras Oficiais
  • Apoio
  • Parceria
  • Realização